Categorias
Blogue Idade Digital

Mensagem que circula pelo Facebook dá “dica” errada e não protege o usuário do acesso aos comentários e opções “curtir” em buscas na web

Com a expansão da tecnologia, surgem consequências para os usuários das inovações tecnológicas vistas em meio ao mundo contemporâneo, interligado pelas redes sociais, pelos sites de relacionamento e pelos chamados “comunicadores instantâneos”, que diminuem a distância entre cidades, estados e até continentes.
A principal ameaça de redes sociais como Twitter, Facebook e LinkedIn é a privacidade do indivíduo. Àquele que deseja privar os seus dados precisa adotar uma série de medidas que são propositalmente escondidas pelas empresas fornecedoras do serviço, isto porque, o acesso aos seus dados é convertido na oferta de produtos e links patrocinados, que sob forma de anúncio, aparecem na tela de seu perfil enquanto você checa a sua linha do tempo. Por exemplo, o Facebook vende espaços do site aos seus anunciantes que pagam uma quantia alta para conseguir vender seus produtos através desse mercado que envolve milhões de pessoas ao redor do mundo; os anunciantes, por sua vez, sabem bem o que você gosta ou que já desejou adquirir, e lhe oferecem “o produto dos sonhos”.
Esses dados são obtidos por técnicos, hackers ou através do Big Data, que segundo o TecMundo é “a tecnologia que automatiza essa análise de dados e cruza informações aparentemente isoladas para descobrir um padrão. Isso é definido por quem utiliza o serviço, como grandes empresas, que encontram dificuldades em controlar todos os seus setores. Em resumo, o trabalho do Big Data é encontrar padrões no que você faz na internet”.
Com certeza, os navegantes apaixonados por internet devem preocupar-se com a sua privacidade, mas ainda existem pessoas que espalham mensagens-boatos citando organizações importantes, etc. No último domingo (21), o Fantástico, programa da Rede Globo de Televisão, mostrou o quanto se torna importante proteger os seus dados nas redes sociais, pois a vulnerabilidade desses dados pode oferecer um prato feito para os técnicos, especialistas, stalkers, crackers e hackers.
Algum usuário, mal intencionado, publicou uma mensagem em sua linha do tempo pedindo o compartilhamento, e, em pouco tempo, essa mensagem atingiu a rede de amigos de milhões de pessoas em todo o Brasil. Em si, a mensagem-boato passa uma informação verdadeira, no entanto, ela passa comandos que só irão ocultar os comentários e opções “curtir” na linha do tempo do usuário que fizer o que a mensagem manda, ou seja, todos poderão continuar a visualizar, exceto quem realizou a ação. Portanto, não adianta efetuar a mudança, é preciso atentar para o momento da postagem. Veja a mensagem que circula pelo Facebook:
POR FAVOR A TODOS OS AMIGOS DO FACE::::::::::::::::::: A todos meus contatos, peço uma gentileza: Com as mudanças do Face, agora todos ficam sabendo de coisas de gente que nem estão nos nossos contatos, só porque um contato faz um comentário ou “curte” algo de alguém. Então peço a gentileza observar: aqui mesmo, logo acima, posicione o mouse sobre a minha foto (sem clicar). Espere até aparecer uma janela e posicione o mouse sobre o ícone “Amigos” (também sem clicar), depois desça até “Configurações” e aí sim clique. Vai aparecer uma lista: clique em “Comentários e opções Curtir” desmarcar esta opção. Assim minhas atividades ficarão restritas aos meus amigos e familiares, não se tornarão domínio público. MUITO GRATO! Se quiser copiar e colar no seu mural para assegurar a sua privacidade, esteja à vontade. Como fiz copiando de um amigo.
Obrigado a todos!!!
TODOS MEUS AMIGOS QUE ME FIZEREM ESSA GENTILEZA, POR FAVOR ME AVISEM, POIS ESTAREI TBM FAZENDO O MESMO, OBRIGADO!
Para se proteger, acesse a página inicial do Facebook, clique em cima do rolamento “Configurações”, depois em “Configurações de Privacidade”, a partir daí você consegue alter tudo o que é mostrado e a quem é mostrado, como podem ser encontradas as publicações em buscas da web, etc. Você encontra opções para restringir o acesso a seus dados e proteger sua integridade pessoal, fazendo com que o mundo digital não se torne uma ameaça. Para alterar publicações diferentes, a melhor forma de proteger seu conteúdo é, antes de publicar qualquer postagem, restringir aos amigos ou à amigos de amigos, pois assim, você assegurará a eficácia e privacidade de seus posts. Por isso, cidadãos que usam as redes sociais deverão ficar de olho em cada postagem para não comprometer a segurança futura, isso em consequência de que a maioria dos crimes digitais ainda não é reconhecida pela legislação brasileira. Fazendo um bom uso das redes sociais e tendo paciência para ajustar todas as configurações para proteger sua privacidade, você fica resguardado de e-mail falso e de outras ações mal-intencionadas.
Se quiser acessar nosso perfil no Facebook, basta digitar: fb.com/brunocidadao
Siga-nos em @brunocidadao
Bruno de Oliveira Rocha

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!