Categorias
Blogue Idade Digital

Projeto da PIB-Unaí proporciona inclusão social através do esporte em Unaí-MG

A Primeira Igreja Batista de Unaí-MG, PIB-Unaí, tem atividades religiosas desde novembro de 1999 e desde então, vem proporcionando várias atividades de integração social no âmbito da cidade de Unaí-MG. Atualmente, a PIB-Unaí tem duas congregações, uma no Novo Horizonte e outra no P.A. Modelo, localizado na zona rural do município.

Desde novembro do ano passado, a igreja tomou como decisão iniciar um projeto esportivo, denominado Ministério Esportivo da PIB-Unaí (MEP) com base nos parâmetros religiosos para incluir socialmente as crianças em situação de risco nas redondezas da própria igreja. A Quadra Poliesportiva do Bairro Bela Vista, cedida pelo presidente do bairro e pela Prefeitura Municipal de Unaí-MG, foi palco de uma iniciação do projeto, mas após seis meses de trabalho, o projeto ganhou o apoio da Prefeitura Municipal e do SAAE que auxiliou em parcerias com materiais esportivos e substratos para a prática esportiva.
Justo Fonseca Rocha, microempresário, 40, e pai de dois filhos, foi o mentor da ideia e dá continuidade ao projeto desde o início, buscando mais parcerias. O Idade Digital procurou-o para saber mais informações do projeto. Veja abaixo a entrevista:
ID: Como funciona o MEP?
Justo Fonseca: Ele é um projeto de cunho religioso, com inclusão social. Nós buscamos incluir a todas as pessoas, em especial, aquelas que estão passando ou já passaram por dificuldades de inserção na sociedade.
ID: Que atividades são realizadas e quais as características que fazem desse projeto um sucesso?
Justo Fonseca: Primeiro, Deus. Nós fazemos orações ao início de cada jogo, temos uma comissão com várias pessoas responsáveis por áreas diferentes, como por exemplo, vôlei e futsal. Eu acho que a inclusão social é o principal fator, nós fazemos muito para ajudar crianças e adolescentes em situação de risco. Inclusive, estamos abertos à doações e parcerias, pois já foram várias as empresas que nos ajudaram e hoje estão felizes e dispostas a continuar parceria, sinal de que deu certo.
A inclusão social proporcionada pelo projeto já foi foco de discussões na Escola Estadual Delvito Alves da Silva em Unaí, já que alguns alunos fazem parte do projeto e, segundo a própria escola, já foram encontradas melhorias comportamentais. O Idade Digital falou com Maria de Fátima, diretora da escola. Confira:
ID: Quais são os resultados desse projeto na escola e qual importância do mesmo para ela?
Maria de Fátima: Alguns alunos que participam já mostraram muitas diferenças depois de ter iniciado no projeto, um era agressivo e hoje está até quieto demais na sala de aula, ele estava indo para o caminho errado, mas graças a Deus, ele foi resgatado pelo projeto. Agora, uma aluna tinha dificuldades de inclusão no grupo feminino e no masculino por gostar muito de esportes, mas hoje não, ele está menos eufórica e cada vez mais comportada dentro da escola, creio que aos poucos eles vão mudando. Esse trabalho voluntário é importante demais e é reconhecido pela sociedade e por Deus.
Do aspecto comportamental, a orientadora e especialista educacional, Margarida Borges, afirma que quando ficou sabendo do projeto, logo pensou em encaminhar alguns alunos. O Idade Digital falou com Margarida Borges, diretora da escola. Confira:
ID: Qual foi o motivo que levou a escola a procurar o projeto? Estão tendo resultados positivos?
Margarida Borges: Quando eu fiquei sabendo do projeto, eu logo pensei em encaminhar alguns alunos; depois de iniciadas as atividades, desse momento, os alunos encaminhados melhoraram e muito, ao longo de um ano, um aluno, inclusive, estava indo para o caminho avesso, mas foi modificando seu comportamento e está se transformando num grande homem.
O MEP está terminando hoje o primeiro campeonato de futsal e a cerimônia será na sede da PIB-Unaí neste domingo (11), quando também será comemorado o aniversário de um ano do projeto. Esse mesmo projeto vai abrir inscrições para novos participantes em janeiro de 2013, sendo abertas a qualquer pessoa.
Bruno de Oliveira Rocha

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!