Categorias
Blogue Idade Digital

E o mundo não acabou…

A partir de interpretações de símbolos em monumentos maias e com uma massiva reprodução pela mídia, ontem (21), o mundo acabaria, entretanto, não foi isso que aconteceu. Entenda a profecia.
Previsto para ontem (21 de dezembro de 2012), o fim do mundo não aconteceu. A profecia maia que foi inspiração para o filme 2012, com grande bilheteria internacional, foi quebrada ontem, quando o previsto não aconteceu e o dia 22 nasceu normalmente.
A BBC Mundo, serviço em espanhol da BBC, uma das maiores redes televisivas do mundo, investigou a profecia e descobriu que ontem foi o último dia no calendário criado pelo povo maia. Partindo dois monumentos maias, a Estela 6 e a Estela 1, a interpretação foi feita e se construiu a tese de que o mundo acabaria ontem. A antiga civilização maia identificam as colunas que se marcavam datas importantes como Estelas, e segundo a BBC, os monumentos serviam também como método de propaganda da elite política e religiosa.
No monumento Estela 6 há a referência traduzida para o calendário gregoriano, equivalente a 21 de dezembro de 2012 como o fim de um ciclo de mais de cinco mil anos registrados na longa contagem do calendário maia. O calendário maia, por sua vez, não determina apenas a ordem dos dias, mas em torno dele foram organizados feriados religiosos, escolha de nomes de recém-nascidos, períodos de cultivo e colheita, sacrifícios humanos e outros aspectos peculiares da cultura desse povo.
No entanto, mesmo com o fim do mundo falso, ainda existem pessoas que acreditam que, na verdade, não é o fim catastrófico físico, mas uma mudança na relação do homem com o ambiente. Muitas cidades receberam várias pessoas abrigando-se do fim dos tempos, mas não foi desta vez que o mundo se desfez numa catástrofe onde a raça humana seria exterminada.
As próximas profecias
São milhares as seitas e comunidades religiosas que pregam o fim do mundo em diferentes datas, com diferentes acontecimentos e muitas formas diversificadas de se entender. A doutrina cristã, orientada pela Bíblia Sagrada, no tocante ao fim do mundo, é citado numa passagem do livro sagrado, em Mateus, capítulo 24, versículo 14 que diz “E será pregado este evangelho do reino [Bíblia] por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.” Com base nessa teoria, é bem provável que, mesmo contando com os avanços tecnológicos para tradução e difusão da Bíblia, o fim do mundo esteja longe, talvez por mais de um século.

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!