Categorias
Blogue Idade Digital

Reforma ortográfica só começará a valer no ano das Olimpíadas no Brasil

O acordo ortográfico da Língua Portuguesa provavelmente será adiado para 2016, com isso prevalecem as discussões sobre os efeitos e necessidades das mudanças. O Idade Digital foi às ruas para saber a opinião dos cidadãos quanto a essa mudança.
“A idéia é votar a assembléia”. Essa frase estaria grafada erradamente no dia 1º de janeiro de 2013 se o governo não tiver adiado para 2016 o período de início da validade do acordo ortográfico da Língua Portuguesa. Com o adiamento, as palavras modificadas pelo acordo (pouco menos de 0,5%) continuam podendo ser escritasdos dois modos até 2016.
Se a presidenta Dilma Rousseff não autorizar o início da validade do novo acordo em 2013, o adiamento de três anos pode abrir uma nova discussão em torno das regras impostas pelo novo acordo, embora grande parte dos programas de televisão, filmes, jornais, livros didáticos, sites, blogs (como o Idade Digital) e documentos oficiais já aderiram às novas regras do acordo que desde 2008 entrou em discussão para uma decisão visando a unificação da grafia das palavras nos países que falam o português como língua dominante. Essa unificação tem o propósito de unir as nações, diminuir o gasto com traduções de livros, fortalecer a difusão da cultura dos países de língua portuguesa e melhorar a comunicação entre países que não falam português.
Embora o Itamaraty afirme que o novo acordo deve ser encarado como um movimento diplomático, muitos parlamentares e pessoas ligadas ao governo informaram que esse adiamento deve ser encarado como uma conquista, primeiro para discutir se realmente se essas novas regras são necessárias, depois para difundir ainda mais as novas regras e impulsionar um conhecimento maior das crianças que estão iniciando sua vida estudantil.
Bruno de Oliveira Rocha 

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!