Categorias
Blogue Idade Digital

Ceilândia derrota o Unaí Esporte fora de casa e abre vantagem na liderança

Em confronto de campeões, o Unaí acabou sofrendo derrota por 4 a 2 para o Ceilândia no Estádio Urbano Adjuto. Agora a situação do Unaí se complicou na luta para se distanciar da zona de rebaixamento que se aproximou ainda mais com essa derrota. Confira detalhes da partida!

Neste sábado (2), o Unaí Esporte recebeu o Ceilândia para um confronto de campeões. O campeão da 2ª divisão do Campeonato Candango de 2012 contra o campeão da 1ª divisão do Campeonato Candango, os dois times jogaram firme, mas o invicto e visitante Ceilândia venceu a partida por 4 a 2.
Os técnicos Cleyton Mineiro e Adelson de Almeida fizeram um aquecimento descontraído com seus jogadores, ouvindo música dentro dos vestiários e um pouco de chuva fina para refrescar o clima quente, os trabalhos começaram. Sob o tempo nublado, as duas equipe entraram em campo, mas o jogo acabou atrasando 5 minutos por causa da entrega do troféu de campeão da Segunda Divisão do Campeonato Candango ao Unaí Esporte. No entanto, ao fim do jogo, um membro da Federação Brasiliense de Futebol (FBF) levou a taça de campeão de volta para Brasília onde o Unaí receberá a taça definitivamente.
O jogo começou com pouca atitude por parte dos dois lados, mas logo aos 5 minutos, Rodriguinho abriu o placar para o Ceilândia. Depois de disso, muitos chutes de fora da área e o Ceilândia dominando o jogo. Sabino, erra um gol inacreditável para o Unaí, ele perde a oportunidade chutando na rede pelo lado de fora. O Unaí tomou conta do jogo e levava perigo ao Ceilândia, mas o time visitante não ficou para trás e mostrou que quem tem Cássius, tem gol. Aos 44 do primeiro tempo, o Ceilândia ampliou a vantagem depois de um contra-ataque rápido. Não deu tempo de comemorar e Neuran diminuiu para o Unaí de cabeça. O primeiro tempo ficou em 2×1 para o Ceilândia.
A segunda etapa começou com um esquema tático renovado da equipe do treinador Cleyton Mineiro, jogando mais pelas laterais com Wallise, o Unaí conseguiu boas chances e arrancou belos gritos da torcida que compareceu em peso ao estádio. O árbitro Welviz Pereira não conseguiu segurar muito os jogadores e numa ‘troca de gentilezas’ do jogador Wallise do Unaí com o camisa 15 do Ceilândia, o técnico Adelson de Almeida foi obrigado a substituir o jogador. Aos 14 minutos, o Ceilândia ampliou a vantagem com Cássius de novo depois de um cruzamento certeiro e um chute afiado. Cinco minutos depois, Alemão marcou na sobra de uma disputa de bola na pequena área do Ceilândia. O clima esquentou e a torcida vaia os jogadores que erraram bolas na cara do gol, Walisse e Sabino.
O Gato Preto, como é chamado o Ceilândia conseguiu ampliar ainda com Alisson recebendo cruzamento da direita e completando para o gol. Final de jogo e o Unaí disputa a próxima partida fora de casa contra o Brazlândia tentando se recuperar para distanciar-se da zona de rebaixamento. Com essa derrota, o Unaí fecha a terceira participação no campeonato com apenas um ponto ganho, enquanto o Gato Preto se estabiliza com nove pontos na liderança, assim, fica com 100% de aproveitamento o clube.
Observação: esta matéria foi elaborada com a colaboração de Jânio Gomes, do site Esporte Candango.
Bruno de Oliveira Rocha 

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!