Categorias
Blogue Idade Digital

Falta de água em alguns bairros da cidade deixa moradores irritados

A falta de água em alguns bairros de Unaí está preocupando moradores, já que a explicação do SAAE é a adutora com problemas. Embora estrutura do SAAE tenha sido modificada nos últimos anos, reacendem preocupações sobre a estabilidade da oferta de água na cidade. Veja também obra milionária que Delvito Alves planeja para o bairro Mamoeiro.

A penúltima semana de fevereiro foi marcada pela falta de água em vários bairros da cidade, inclusive, as reclamações tomaram o rumo das redes sociais e a Prefeitura Municipal e o Serviço Municipal de Saneamento Básico (SAAE) tiveram trabalho para explicar todos os questionamentos do problema. De fato, a alegação foi que uma adutora havia se rompido, provocando a interrupção da distribuição de água em alguns bairros. No entanto, o maior problema relatado pelos usuários não é a falta de água, mas as inverdades ditas pelo atendimento ao consumidor.
Os usuários reclamam que os atendentes insistiam em afirmar que a distribuição da água voltaria ao normal no mesmo dia, o que não acontecia. No dia posterior, a água voltava a faltar e os usuários, no mesmo ritmo, reclamavam. Desde sábado, as interrupções na distribuição de água não têm ocorrido. Tentamos entrar em contato, ainda na semana passada, com o diretor-geral do SAAE, Petrônio Cordeiro Valadares, mas até o momento não foi atendida nossa solicitação, de forma atípica.
A pergunta que fica retida no ar é: será que a falta de água vai acontecer novamente? Essa pergunta só será respondida com o tempo e é certo que os esforços do SAAE precisam ser concentrados na manutenção preventiva ou troca desta adutora para evitar possíveis quebras posteriormente. A população espera que sejam tomadas as devidas providências preventivas.
Segundo informações do SAAE, o sistema de distribuição de água atual tem extensão de 250.020 metros de tubos de PVC, cimento e amianto, com diâmetros entre 50 e 300mm que abastecem, conforme dados finais de 2012, 20.557 ligações. Ainda segundo o SAAE, a capacidade da Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade é de 200l/s com fluculodores mecânicos, sendo responsável por abastecer 95% das ligações no perímetro urbano. O excedente é feito através de poços tubulares. O Serviço Municipal de Saneamento Básico atende 99% da população urbana de Unaí-MG.
Obra milionária para os bairros Mamoeiro e Santa Clara
Delvito Alves manifestou, ainda em janeiro, o desejo de construir uma rede coletora de esgoto na região dos bairros Mamoeiro e Santa Clara, além de uma elevatória para transportar o efluente coletado até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do SAAE. A primeira jogada de preços ficou em R$12 milhões em função da grande proporção e do longo prazo para construção dessa obra. Delvito quer iniciar os procedimentos para implantação da obra ainda em 2013, segundo informações de assessores.
Desta forma, o SAAE ampliaria sua rede distribuição de água e coleta de esgoto, já que alguns lares nos dois bairros não dispõem da coleta de esgoto. Essa iniciativa, caso concluída, irá beneficiar e viabilizar determinados investimentos na localidade. A construção de casas do Minha Casa, Minha Vida2 e de uma escola municipal para atender a alunos do ensino médio, principalmente, diminuiria substancialmente os gastos da Prefeitura com transporte escolar na zona urbana.
Bruno de Oliveira Rocha 

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!