Categorias
Factuais Política

Dilma reeleita atrai 40 mil para posse sob sol forte

A presidente Dilma Rousseff, eleita com 51,6% dos votos válidos nas eleições do ano passado, atraiu milhares de pessoas para a Praça dos Três Poderes, neste 1º de janeiro de 2015.

De acordo com dados da Polícia Militar do Distrito Federal, cerca de 40 mil pessoas estiveram presentes. O Jornal Nacional, da Rede Globo, registrou que foram apenas 30 mil. A temperatura registrada foi de 32 ºC, mas a sensação térmica passava dos 40 ºC. Pessoas que haviam levado guarda-chuvas os fizeram de proteção contra o sol. Quem não conseguiu, se espremeu debaixo das árvores ao lado da praça, ou ainda ficou debaixo de sol, como eu para angariar melhores fotografias.

Reforma política

“Ah, você é PT roxo”, disferiu uma participante do evento depois de um minuto e meio de conversa comigo. Retruquei dizendo: “não sou petista, muito menos partidário, eu defendo a cidadania e as causas que o Brasil precisa”.

Muito além de prestigiar a posse da presidente reeleita, fui para defender e engrossar o movimento necessário pela Reforma Política através da participação popular neste país. Sem isto, infelizmente, continuaremos lutando sem resultados nesse mar de ingestão e vergonha por parte dos parlamentares que, em tese, deveriam nos representar.

Fato é que nunca se viu tanta mobilização para um projeto como esse em nenhuma posse presidencial. Camisetas, faixas, bandeiras, ponto de apoio e bottons especiais sobre a Reforma Política por plebiscito popular. Ficou claro que este é um clamor popular e Dilma confirmou que irá lutar arduamente para conseguir tal reforma.

Segurança e hostilização

O esquema de segurança para a posse foi completo, incluindo a pacificação de um pequeno “incêndio” entre militantes petistas e militantes da juventude do PSDB que foram protestar com balões pretos. Os peessedebistas não estavam errados em protestar, mas os petistas em estourar os balões gratuitamente, sim. Nada de mais ocorreu, graças a Deus.

A Rede Globo estacionou o veículo em frente à Praça dos Três Poderes, ato suficiente para despertar um coro nada amistoso, mas já conhecido. “O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo”, “A verdade é dura, a Globo apoiou a ditadura”. Os motivos para isso existem, mas não é por meio da hostilização que tais problemas se resolvem. Mais uma vez o fanatismo vai à frente da razão.

Suplicy ovacionado

O ex-senador Eduardo Suplicy (PT-SP) apareceu na praça em que a multidão estava reunida e foi ovacionado de forma inesperada. Ele perdeu as eleições, mas não o carinho do povo. Assessoras que o acompanhavam ficaram surpresas com o quanto Suplicy foi aplaudido. Bela atitude de reconhecimento.

Dilma e seus discursos

Demorada no discurso no Congresso, a presidente foi rápida no pronunciamento à nação, mas ao mesmo tempo, disse que é tempo de muitas mudanças e que precisa do apoio e compreensão da população.

Descrença da CBN

Ao ligar o rádio do carro na CBN, ouvi uma comentarista tratar com frieza, desconfiança e desdém todos os nomes indicados para os ministérios do governo de Dilma. Logo, depois de alguns minutos, vi que o pessimismo (e os erros técnicos) estavam decretados naquela transmissão. Um papel, que embora seja de oposição, é feio por apostar no pior para o Brasil e dar mais destaque aos erros que aos vários acertos.

Textos de subsídio:
Dilma – http://instagram.com/p/xVV8S0lBVO/
Reforma política – http://instagram.com/p/xRk621lBVC/?modal=true
Sol forte e protestos – http://www.bbc.co.uk/…/01/150101_apoiadores_dilma_posse_ms_…
Síntese discurso Dilma – http://www.bbc.co.uk/…/notic…/2015/01/141230_dilma_posse_pai
Discurso de Dilma à nação na íntegra – http://www2.planalto.gov.br/…/pronunciamento-a-nacao-da-pre…
Dilma desfilando – https://www.youtube.com/watch?v=2MECO5rV3BM&feature=youtu.be

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!