Categorias
Educação

JOVENS QUE AINDA NÃO SABEM QUE PODEM

Recentemente eu voltava do serviço de bicicleta quando encontrei duas garotas, ex-colegas de ensino médio, um ano mais novas que eu.

Em meio à troca de palavras, questionei “estão estudando?”, ambas disseram que estavam “paradas”. Elas acrescentaram que não haviam ido bem no Enem, que não conseguiram nota acima de 500 pontos e que haviam decidido trabalhar e tentar o Enem novamente, mas já “sem esperança”.

O mais alarmante é que são garotas com todos os atributos de inteligência que todos os outros estudantes também têm, inclusive, os que estão atualmente na faculdade. Contei à elas sobre colegas de ensino médio que aproveitaram a oportunidade da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) em Unaí-MG e estão cursando o primeiro, segundo ou até terceiro período já.

Eu acompanhei estes colegas em suas conquistas e fiquei muito alegre com cada um. Talvez até mais que eles. Porque eu ouvi durante toda a vida que “federal é para rico, é para poucos, tem que morrer de estudar e que não é qualquer um que entra na faculdade” e os vi quebrando este paradigma que ainda persiste na cabeça de alguns jovens por motivos pelos quais eu discorrerei abaixo.

Para quem não sabe, o curso de Bacharel em Ciências Agrárias (por enquanto o único da UFVJM em Unaí) teve uma nota de corte de 605,16 na ampla concorrência no Sisu 2014, considerada baixa para o nível da instituição. Convenhamos, com um pouquinho de esforço, é possível conseguir uma nota desta magnitude.

Depois de elucidar esses dados, compartilhar informações acerca dos benefícios dos alunos da instituição, as garotas ficaram animadas com a possibilidade de estudarem e conseguirem as vagas na próxima seleção. Além disso, contei à elas sobre as oportunidade do ProUni e Fies e também coloquei casos de colegas que são beneficiados com essa abertura do sistema educacional através das bolsas patrocinadas pelo governo federal e que estão aproveitando de forma preciosa isso.

Após cumprir com o meu papel de disseminar as informações para elas, comecei a refletir acerca de nossa juventude.

Quantos ainda não sabem que podem chegar com facilidade à faculdade? Quantos ainda acham que estão fadados a não estudar por limitações financeiras? Quantos ainda acham que precisa ter “grana” para entrar no ensino superior?

E o pior, notei que parte deste processo de falta de informação passa exclusivamente pelas instituições que têm um sistema de comunicação falho em sua maioria, não conseguindo atingir sequer a população local.

Portanto, além da falta de publicidade pelos meios de comunicação institucionais, temos um buraco de informações. Poucos de Unaí sabem, por exemplo, que em Paracatu-MG existe o Instituto Federal do Triângulo Mineiro, terceira melhor escola de ensino médio e técnico do município, e que oferece um curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas cuja mensalidade em Unaí passa de R$ 500,00 numa instituição privada.

O objetivo não é discutir a qualidade do ensino, mas a igualdade da publicidade feita pelas instituições. Sem dúvida, as privadas estão muito, mas muito à frente das instituições estatais em todo o país, em se tratando da comunicação.

E por fim, ainda existe a venda de uma imagem antiquada e que não mais reflete a realidade pela mídia, cujas instituições públicas estão pouco acessíveis e é preciso um esforço subumano para adentrar as portas da universidade. Sem dúvida, a realidade é que cada vez mais uma instituição de ensino técnico e superior está perto de você. E o exclusivismo de entrar na faculdade acabou, dependendo apenas de uma aprovação no Exame Nacional do Ensino Médio cuja preparação depende exclusivamente de dedicação.

Portanto, esforce-se. Dedique-se. A faculdade pública não é mais algo impossível. Ela é possível, está perto de você e com certeza você se surpreenderá com sua qualidade.

Jovem, você pode. O país espera sua resposta. E, sem dúvida, a sua resposta passa pela educação e por suas mudanças estruturais.

Pela ‪#‎ReformaDoEnsinoMédio‬ e pela ‪#‎ReformaEducacional‬ como um todo, fale da sua faculdade, acadêmico!


Informações de subsídio:

Nota de Corte UFVJM: http://blogdoenem.com.br/ufvjm-notas-corte-sisu-2014/
IFTM Paracatu em destaque: http://paracatunoticias.com/?p=882

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!