Categorias
Educação

Professores, vocês venceram mais uma!

No governo Dilma, as importantes conquistas da educação do governo Lula foram ainda mais intensificadas. Depois de Lula criar uma rede de institutos federais com mais de 300 estabelecimentos de ensino, ampliando em milhares o número de vagas no ensino técnico e superior, três importantes conquistas foram computadas na conta da educação. Uma delas foi dia 3, na Câmara dos Deputados Federais.

– APROVAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA (PNAIC): o Pacto estabelece que as crianças devem ter rendimento escolar apropriado para sua idade, a começar da alfabetização. O aumento dos repasses para o ensino básico e a criação de políticas nos municípios estabelecem metas que deverão alcançar 95% das crianças em idade escolar do país até 2016 contribuindo para uma formação sólida do pequeno cidadão.

– 75% DOS ROYALTIES DO PRÉ-SAL PARA A EDUCAÇÃO: Dilma queria 100%, mas o Congresso e o Senado votaram pela partilha de 25% dos royalties do petróleo com a saúde. Fez bem. Se bem aplicados, esses recursos possibilitarão a capacitação de milhares de profissionais do ensino superior que, por sua vez, voltam à educação básica melhorando a rede educacional pública brasileira.

– 10% DO PIB PARA A EDUCAÇÃO: Hoje, ainda 5,3% do Produto Interno Bruto do país é aplicado no setor. Passarão a 10%, assim que a presidente sancionar o Plano Nacional de Educação (PNE). Ele estabelece metas significativas para a educação como a erradicação do analfabetismo, capacitação dos professores (incentivo e custeio de pós-graduações), aumento das vagas no ensino básico (especialmente nas creches e primeiros anos do ensino fundamental) e ainda melhoria da rede infraestrutural do setor.

Com muito orgulho, posso dizer que alguns de meus professores e ex-professores são bravos militantes da causa. Desde os cassetetes e sprays de pimenta no rosto, a dignidade da classe tem sido colocada à prova pouco a pouco.

Felizmente, Unaí tem algum histórico nesta luta.

No vídeo abaixo, uma manifestação muito simples, mas brava pela valorização dos profissionais de educação de Minas Gerais na histórica greve de 112 dias.

Parabéns, professores, mais uma vez pela conquista.

http://youtu.be/UpSMBdPX5eI


*Com informações de CartaCapital, G1, Jornal GGN e Estadão.

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!