Categorias
Cultura

Já é março e o que você fez até aqui?

Todo ano é igual. Começa em janeiro e termina em dezembro. Essa divisão do tempo em anos, meses e dias é fundamental para fazer renovar nossas expectativas de dias melhores e também para o funcionamento de nossas instituições e do nosso organismo. Mas é óbvio que de tempos em tempos a gente para e diz assim, para nós mesmos: “já é tal mês e o que eu fiz até aqui?”.

Essa pergunta inquietante que toma 10 segundos do nosso tempo logo é abafada por um telefone, por uma situação com senso de urgência, por uma pessoa nos chamando, por uma propaganda que nos ensurdece ou por uma distração qualquer. Mas parar e pensar sobre isso pode fazer bem. É pra isso que te convido agora.

Chegamos em Março, depois do primeiro bimestre completado. Esse ano eu, particularmente, tinha uma série completamente planejada para publicar aqui no blogue. Mas ao invés de executar o planejamento, o posterguei. Em compensação, adiantei planos anteriores. E além de tudo isso, urgências surgiram. A prioridade muda conforme a nossa vida exige. Manter a gestão do tempo é um desafio para todos nós, sobretudo os que estão conectados pela inseparável tecnologia dos smartphones. Há notificação em tudo quanto é canto. Provavelmente seu banco já deve ter lhe enviado uma notificação dizendo que seu Informe de Rendimentos para o Imposto de Renda está pronto.

Então, e você? O que você fez até aqui? Eu não sei se você faz planos, mas se faz, conseguiu executar? Em que passo está isso? É preciso traçar e executar. Mas se não der pra executar, é preciso tomar uma decisão: postergar com data certa para o futuro ou eliminar de vez o plano. Se você não fizer isso, ficarão pendências a serem resolvidas e seu cérebro poderá entender isto como seu modus operandi, o que não é legal.

O Embrulha pra Viagem, canal de humor no Youtube, tem um vídeo bem legal que fala sobre pendências… Assista e continue a leitura!

Pendências – Embrulha Pra Viagem

E em continuação, para encerrar esse texto, assista a um comentário do filósofo Mario Sergio Cortella, falando sobre planejamento.

Planejar, escolher, abdicar – Mario Sergio Cortella

Obrigado por ter parado esses minutinhos para refletir sobre o que você até aqui. Planeje-se! Bom plano pra você!

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!