Categorias
Educação Finanças

Bettina e a juventude brasileira

Não está em voga se Bettina é de origem rica. O que realmente importa é que praticamente todos os nossos jovens da idade de Bettina nunca tiveram uma aula de educação financeira nas escolas. Assim, gastamos mais do que ganhamos, perdemos muito por ignorância e aceitamos o tradicional enquanto algumas pessoas lucram com o extraordinário.

Se você assiste ao Youtube, é bem provável que já viu Bettina. Uma jovem loira, convincente, de 22 anos (a mesma idade que eu), com uma diferença: ela tem um milhão e 42 mil reais de patrimônio acumulado. E o que Bettina tem a ver com o restante da população jovem brasileira? É o que discutiremos a seguir.

O comercial

Bettina não é qualquer pessoa. A jovem aparece nas propagandas sensacionalistas da Empiricus Research, uma empresa de consultoria e publicações de investimentos que vem fazendo muito sucesso desde 2014 no país, em meio à eleição presidencial. Ela se identifica, diz que tem 22 anos e que tem um milhão e 42 mil reais em patrimônio acumulado, faz uma chamada de ação e desaparece.

A ação poderia ter parado aí, mas donos de um dos cases de sucesso do marketing digital brasileiro, a Empiricus aproveitou a onda para publicar uma resposta de Bettina aos comentários e declarações feitas no Twitter contra ela. Algumas pessoas chegaram a alegar que ela só tinha aquela fortuna por ser bonita. Outras disseram que era por causa de alguma herança. Mas qual é realmente a história? Primeiro, assista ao vídeo de resposta.

A resposta de Bettina (Fonte: Empiricus/Youtube)

E a juventude brasileira?

Não é porque Bettina virou meme. É porque Bettina samba na cara de nós, jovens. Tenho quase certeza que metade dos jovens brasileiros jamais vão chegar a um milhão de reais em toda a sua vida adulta. E não é porque são frouxos. Pelo contrário, como maioria massiva dos brasileiros, os jovens serão adultos trabalhadores que trabalharão por anos 30, 40, até 50 anos e infelizmente dependerão de uma aposentadoria incerta no INSS. Bettina decepciona os jovens porque expõe uma realidade.

Não está em voga se Bettina é de origem rica. O que realmente importa é que praticamente todos os nossos jovens da idade de Bettina nunca tiveram uma aula de educação financeira nas escolas. Assim, gastamos mais do que ganhamos, perdemos muito por ignorância e aceitamos o tradicional enquanto algumas pessoas lucram com o extraordinário. Somos amedrontados pela falta de informação. E quando temos a oportunidade de investir, nos falta renda. Trabalho digno. Postos de trabalho. Com crise e recessão, esse quadro se agrava.

Bettina já entrou para a história da internet. E também contribuiu para alavancar iniciativas de educação financeira e cooperativa nas escolas, como é o caso do programa Interacoope, noticiado aqui no ano passado numa série de postagens sobre a juventude brasileira.

E você, o que acha de Bettina? O que acha dessas iniciativas? Conta pra nós!

Capa: Twitter

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!