Categorias
Factuais

Bruno Cidadão compõe equipe de checadores do Coletivo Bereia

Em fevereiro de 2020, Bruno Cidadão passou a colaborar no coletivo como checador voluntário, com status de estagiário. As suas participações semanais incluem a checagem de fatos, levantamento de dados, tentativas de contato com fontes, feito sempre em dupla ou trio, com supervisão e revisão das editoras, Magali Cunha e Alynne Sipaúba.

O Coletivo Bereia é um grupo de fact-checking que realiza verificação de fatos e notícias divulgados por sites religiosos e por personalidades públicas ligadas a movimentos religiosos. Ele foi iniciado em outubro de 2019 e abriu vaga para o voluntariado em novembro do mesmo ano. O Coletivo é uma iniciativa da organização Paz e Esperança, com apoio e chancela da Intercom, Signis Brasil, Agência Ecumênica de Comunicação e WACC América Latina.

Em fevereiro de 2020, Bruno Cidadão passou a colaborar no coletivo como checador voluntário, com status de estagiário. As suas participações semanais incluem a checagem de fatos, levantamento de dados, tentativas de contato com fontes, feito sempre em dupla ou trio, com supervisão e revisão das editoras, Magali Cunha e Alynne Sipaúba.

Cidadão participou em 2019, com renovação para 2020, de um projeto de iniciação científica do Centro Universitário Internacional (UNINTER) com o título “Fake news e a amplificação do medo”, explorando a disseminação de notícias falsas e desenvolvendo trabalhos apresentados em importantes eventos ao longo do ano.

O material produzido por Bruno Cidadão para o Coletivo Bereia pode ser visualizado nessa busca do Google clicando aqui ou diretamente no site coletivobereia.com.br. A equipe inteira, composta na edição final desta matéria, por 20 pessoas situadas em várias partes do Brasil e até no exterior, pode ser conferida clicando aqui.

Capa: Recorte da página de Equipe do Coletivo Bereia/Reprodução

Comente! Aqui é o lugar!