Categorias
Comportamento

Intensidade sem consistência é como o show que acabou mais cedo

Te desejo muita consistência sem deixar de lado a intensidade quando for necessário. Mas lembre-se de colocar espaço na sua agenda para você, sua família e sua saúde. A vida é sobre tentar equilibrar o desequilíbrio.

Existe uma discussão muito frequente entre pessoas que passam por alguma tempestade sentimental sobre a questão da intensidade. Ampliando a visão para o aspecto profissional, há como sermos intensos em tudo que fizermos, porém, é sempre bom lembrar que intensidade é proporcional a um maior gasto de energia, portanto, podemos nos esgotar mais facilmente.

Sempre que estamos construindo um projeto precisamos definir os recursos que serão empregados para que aquele projeto saia do papel e se torne realidade. Ainda que você queira construir uma casa em três dias, o cimento tem um tempo de cura e por mais que se tente apressar, o resultado é desastroso. Gosto de comparar essa situação com um show que acaba mais cedo. Você compra o ingresso para duas horas e meia de show, mas o cantor faz quarenta minutos e vai embora. Você fica com o queixo caído e com raiva porque se sentiu enganado. Aquela intensidade toda não foi bem aproveitada e o gosto de quero mais ficou.

Se você está trabalhando em vários projetos e precisa dividir tempo entre eles, por mais que seja cansativo sair de um e ir para outro, isso pode ser o melhor para o projeto em si. Alongar o tempo do projeto ao invés de concluí-lo mais rapidamente, apenas para tê-lo completado, é um risco de daí a algum tempo, aquele projeto ter que ser refeito, ocasionando retrabalho. Há, obviamente, circunstâncias em que “dar um gás” pode ser fundamental, mas fazer isso de modo único de trabalho é perigoso para o projeto em si e para você que terá dificuldades ao administrar várias coisas ao mesmo tempo. Nesse mundo digital, ninguém está imune.

Eu ainda estou aprendendo a lidar com isso. E foi uma girada de chave muito grande para mim quando, em 2015, eu desenvolvia um projeto de extensão na minha faculdade, enquanto fazia o curso superior e simultaneamente trabalhava como pesquisador e voluntariava na igreja a qual eu participava. Os projetos que eu tocava, naquele tempo, me deixaram louquinho. Não porque eram difíceis, mas porque eu queria fazer tudo de uma vez ou um de cada vez e aí não funcionava. Gestão de tempo não era comigo. Tive uma chefe muito compassiva e competente que me ajudou bastante. E o resto, fui aprendendo aos poucos com muita tentativa e erro e experimentação de ferramentas de apoio à gestão.

Hoje, cinco anos depois, eu toco cerca de 10 atividades ou projetos simultâneos que, neste momento, são importantes para meu presente e meu futuro. Em breve, muito em breve mesmo, quero ter a oportunidade de concluir metade deles e distribuir melhor meu tempo entre os que restarão. Mas por enquanto, tenho tocado todos eles. Aprendi a usar a tecnologia a meu favor e ferramentas simples como uma lista semanal de tarefas e a agenda do celular para manter sempre meus compromissos em dia. Hoje, posso dizer que, mesmo com os percalços e atrasos eventuais, tenho consistência. Em 2015, apenas intensidade mal distribuída.

E se tem uma competência que a escola tenta nos ensinar desde cedo, mas acredito que há falhas na forma de se comunicar esse ensino, é a gestão de tempo. Temos cinco, seis, oito disciplinas na escola e temos espaços de tempo definidos para a execução de tarefas das mesmas. Mas quando chegamos na faculdade ainda nos perdemos nessa gestão. Acredito que temos uma lacuna de ensino sobre como administrar melhor o tempo, os projetos e as atividades. Mas também creio que só a prática e as ferramentas corretas são capazes de nos aperfeiçoar.

Te desejo muita consistência sem deixar de lado a intensidade quando for necessário. Mas lembre-se de colocar espaço na sua agenda para você, sua família e sua saúde. A vida é sobre tentar equilibrar o desequilíbrio.

Capa: Pixabay/Reprodução

Comente! Aqui é o lugar!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.