Categorias
Comportamento

Você pode contribuir sem aparecer e ainda assim ser relevante

Em 2021, voluntarie-se. Perto de você. Perto da sua casa.

Algumas pessoas dizem que não gostam de receber elogios. Ou elas estão mentindo ou estão complexadas. É bom demais receber um elogio, principalmente quando é por quem você é ou por algo que você colocou seu coração e as pessoas reconheceram. Mas o elogio não pode, em hipótese alguma, ser a razão única de fazermos ou sermos algo. Eles podem não vir e a frustração aparecer.

É por isso que muitas pessoas investem muito dinheiro em exposição de seus trabalhos. Porque com a exposição adquire-se a admiração. Acontece que nem sempre a gente pode ou deve expor os nossos trabalhos. Por exemplo, numa causa social ou de voluntariado, fazer propaganda é, além de difícil e caro, antiético dependendo do ponto de vista.

É por isso que muita gente que tem segundas intenções acabam se tornando verdadeiros parasitas de instituições no terceiro setor: aparecem quando querem, fazem as aparições públicas que os beneficiam e vão embora quando obtêm o que se deseja. Isso pode ser uma eleição, uma conquista de um cargo ou mesmo uma ascensão pessoal.

Chega, porém de falar mal. Agora vamos falar de quem faz o bem e por muitas vezes não é visto nem elogiado. Essas pessoas, na sua maioria, entenderam o conceito de ser relevante sem ser visto. Essas pessoas sabem que o que as fazem felizes são os frutos do seu trabalho e não necessariamente a exposição do seu trabalho.

Por muitas vezes em igrejas, associações e escolas vi pessoas doando seu precioso tempo para alegrar o coração de várias outras pessoas. Muitas delas nunca chegaram a ter um reconhecimento equiparado àquele que outras pessoas buscam ter. Mas os resultados produzidos por essas pessoas transformam a vida de várias outras, silenciosamente.

A gente precisa, enquanto sociedade, entender o valor e a importância do terceiro setor. As associações, fundações, sindicatos, entidades beneficentes em geral desenvolvem um papel que o braço estatal não consegue suprir e que o setor privado evita a todo custo. Nós precisamos entender que o voluntariado tem um valor imenso e que o desenvolvimento interpessoal promovido pela ação voluntária é incapaz de ser pago porque é mais valioso do que qualquer cédula monetária.

Há dezenas, centenas, talvez milhares de pessoas na sua cidade que saem de casa todos os dias ou talvez um ou dois dias na semana e fazem um trabalho, uma parcela que seja, de algo que muda vidas de outras pessoas. Às vezes quem está apenas servindo o lanche de uma reunião de pais e amigos de excepcionais, por exemplo, é tão importante quanto aquele que faz o lanche e quanto aquele que conduz a reunião.

Eu sou muito feliz em ser voluntário de algumas organizações, despendendo parte do meu tempo para ajudar outras pessoas. Por conta das funções relacionadas à comunicação, muitas vezes acabo aparecendo demais. E isso é um pouco desconfortável. Às vezes o desejo que temos é só de fazer nosso trabalho e irmos embora felizes para casa. No entanto, se você é dos que acabam por aparecer como eu, saiba que você será mais cobrado e, portanto, precisará assumir mais responsabilidades perante à sua representação daquela causa ou instituição.

Em 2021, voluntarie-se. Perto de você. Perto da sua casa.

Capa: Pixabay.com/Reprodução

Comente! Aqui é o lugar!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.