Categorias
Comunicadores & Desinformação

Comunicadores & Desinformação #23 – Dubes Sônego

Na entrevista, Dubes amplia informações sobre os desertos de notícia e a situação do jornalismo local no Brasil. Para ele, iniciativas de financiamento público e fomento à iniciativas de mídia local podem ser uma saída para ampliar a presença do jornalismo local.

A vigésima terceira entrevista da série “Comunicadores & Desinformação”, décima de 2021, foi com o jornalista, fotógrafo e pesquisador do Atlas da Notícia, Dubes Sônego, nesta terça (27), às 21h30. Assista à entrevista abaixo.

O entrevistado

Dubes Sônego é jornalista, fotógrafo e pesquisador. Participou das últimas três edições do Atlas da Notícia, o mais completo levantamento de jornalismo local do Brasil. Sônego já teve passagens por veículos de imprensa tradicionais como Valor Econômico, Época Negócios e Gazeta Mercantil. Como fotógrafo, fez vários ensaios e participou das Jornadas de Junho de 2013.

Na entrevista, Dubes amplia informações sobre os desertos de notícia e a situação do jornalismo local no Brasil. Em relação à desinformação, Dubes Sônego aponta que a ausência de veículos de imprensa locais podem aprofundar ainda mais o problema da desinformação no Brasil. De acordo com o pesquisador, iniciativas de financiamento público e fomento à iniciativas de mídia local podem ser uma saída para ampliar a presença do jornalismo local. O fotógrafo defende que a formação do jornalista, não necessariamente acadêmica, é muito importante quando o assunto é ética e credibilidade jornalística.

A série

“Comunicadores & Desinformação” é um espaço para discussões sobre disseminação de notícias falsas, democracia e imprensa, papel da imprensa na cobertura de grandes crises (políticas, econômicas, de saúde, etc.), checagem de fatos, desafios de jornalistas e comunicadores em geral no exercício da profissão, violação de direitos relacionados à comunicação e liberdade de expressão, entre outros pertinentes ao título do programa.

Comente! Aqui é o lugar!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.