Categorias
Relacionamentos

Sobre caos e escombros não se edifica

O caos e os escombros são duas fases que só nós podemos resolver em nossas vidas antes de edificar uma relação amorosa.

Nem tudo acontece como a gente quer, é fato. Mas há coisas que dependem de nós e só nós podemos resolver e trazer pra nós a solução desejada. O caos e os escombros são duas fases que só nós podemos resolver em nossas vidas antes de edificar uma relação amorosa.

Caos é facilmente identificado por toda e qualquer circunstância que somada a outra (ou a outras) causam incerteza, desgoverno, insegurança e instabilidade. No meu caso, por exemplo, o caos sempre esteve presente em minha vida por boa parte do tempo. E não obstante, as relações não são edificadas.

Já os escombros são o entulho deixado pelo caos (isto é, pelo movimento diário das circunstâncias do caos) e pelo passado. Escombro é tudo aquilo que não dá pra limpar fácil, que geralmente é pesado, muitas vezes carece de ajuda mecânica (ou em nosso caso humano, psicológica). Escombro definitivamente não é terreno útil nem mesmo para nascer flores. Sobre escombros não se constrói nada.

Não existe nenhum outro conselho possível que eu me dê a não ser: limpe os escombros e dê fim em seu caos. Isso fará, finalmente, com que todos os “e se” se tornem “foi assim que aconteceu”. Não há nenhuma impertinência em ter caos ou escombros em nossas vidas, afinal, somos humanos, o problema é quando isso perdura, quando isso mata sonhos, possibilidades e desejos, quando isso se torna impeditivo.

Dito isso, resta caminhar ainda sobre escombros do caos e tentar organizar e enfrentar o caos como nunca antes. Neste processo, é possível que percamos muita coisa ou talvez tudo. Mas isso importa pouco. Afinal, apenas quem não tem nada a perder tem tudo a ganhar.

Que Deus, o Senhor dos recomeços, possa nos ajudar em cada parte de nossas edificações necessárias para que o amor possa enfim ter casa e querer morar. Amém.

*** Foto de Capa: Pixabay/Reprodução

Por Bruno Cidadão

Comunicador | Pesquisador | Checador

Comente! Aqui é o lugar!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: