Categorias
Relacionamentos

Sem correspondência, ir até o fim é dor sobre dor

Creio que boa parte de nós já foi até o fim em algum relacionamento consolidado. Mas uma parte pequena de nós vai até o fim quando é uma paixão não correspondida ou um sentimento aparentemente inviável… É aqui que mora a somatória de dores sobre dores.

Categorias
Cultura

Precisamos conversar sobre rejeição – uma reflexão sobre “De quem é a culpa?”

Marília Mendonça, a cantora da sofrência, estabelece logo no final da música que o grande problema é que “me apaixonei pelo que inventei de você”. Idealizamos o outro, inclusive sua aprovação a nós. Imaginamos que ao gostar de alguém isto nos será recíproco. Nem sempre é.