Categorias
Relacionamentos

Só sei que não é inveja nem negatividade

Por vezes, bate saudade das emoções que tive ao lado de várias pessoas. Mas consciente de que tomar decisões é meu único papel real enquanto humano, decido por me estabelecer no que vivo hoje. E, sendo ruim, bom, escasso ou farto, é o que tenho.

Categorias
Comportamento

Se cuida também, querido – ou um convite ao autocuidado masculino

O autocuidado masculino pode se estender até algo muito mais próximo do que as mulheres estão acostumadas a fazer e que acabou por virar um estigma de que só o feminino se cuida.

Categorias
Masculinidade

#Masculinidade: por que os homens morrem mais cedo?

Para esta conversa, podemos elencar três razões: homens estão mais susceptíveis a mortes acidentais por sua maior exposição, homens morrem mais cedo porque não se cuidam compativelmente com sua necessidade biológica e homens morrem mais cedo porque são homens.

Categorias
Masculinidade

#Masculinidade: o masculino dentro do homem

Como o espaço de um texto é pequeno demais para desenvolvermos todas as possibilidades dessa conversa, me aterei a três temas, correlacionados, e diga-se de passagem, tabus: força, compromisso e sexo.

Categorias
Masculinidade

#Masculinidade: homens e relacionamentos amorosos

É a partir daqui que vou extrair a maior parte das reflexões que falo sobre a postura e ação do homem nos relacionamentos afetivos. Não posso falar além daquilo que vivi, portanto, se você homem não se identificar… Está tudo bem. Cada pessoa é um universo distinto.

Categorias
Masculinidade

#Masculinidade: machismo não é coisa de homem

Machismo não é coisa de homem. Machismo é coisa de moleque. É coisa de gente tosca, babaca. Falo isso porque eu tenho ainda traços machistas. Eu lido com isso todos os dias e luto para me tornar alguém melhor. Às vezes, coisas tão simples que faço naturalmente são produto subconsciente de um entendimento machista.

Categorias
Comportamento

Sobre emoções masculinas reprimidas

Hoje faz cinco anos que eu fui obrigado a começar a colocar pra fora tudo que eu tinha reprimido. Relacionamentos não vividos, síndrome de rejeição, autoimagem defasada e, por fim, minha incompreensão com o mundo e com as pessoas.

Categorias
#SobreAJuventude

#SobreAJuventude: Sociedade do sucesso aos 20 anos

Na sociedade do sucesso imposto e requerido aos 20 anos, quem se aceita fracassado e dependente é quem tem sucesso.