Categorias
Comportamento

O coração sabe onde ficar

Quando ele encontrar casa, deixe a impaciência reinar e fazer tudo acontecer num estalar de dedos.

Categorias
Comportamento Relacionamentos

Carência não é falta, é espera

A carência, portanto, nesta visão deixa de ser um tempo negativo e passa a ser um processo a se abraçar e viver.

Categorias
Relacionamentos

A oportunidade da minha vida chegou

Mesmo quando a gente perde, o amor sempre vence. E é isso que importa.

Categorias
Comportamento

Encontros privilegiados – uma reflexão sobre quem se senta conosco

Parte de mim insiste em acreditar na mesa como espaço de nutrição afetiva. Outra parte insiste na ideia de que a mesa é um espaço decisório. E convivendo as duas ideias, outra parte de mim acredita que a mesa pode ser um lugar de começos e recomeços não necessariamente decisórios ou nutritivos. Recentemente, passei a […]

Categorias
Relacionamentos

Lasseiz-passer nos relacionamentos amorosos

O que dói mesmo é passar a vida inteira sem entender, nas palavras da protagonista do filme “Missão Quase Impossível”, que “a minha felicidade também conta”.

Categorias
Relacionamentos

Sobre o dia em que meus pais tiveram razão

Eu gostaria que eles não tivessem razão, mas se têm, me resta agradecer a eles pelo quanto tentaram abrir meus olhos. Ainda que de modo grosso e equivocado, muitas vezes.

Categorias
Comportamento

Os domingos são irresistíveis

No domingo há uma porção misteriosa de fracasso misturada com descanso e esperança. É neste dia que convém aprofundar-se sob o manto da melancolia.

Categorias
Comportamento

Teimosia e obstinação, um olhar mais demorado sobre cada ação

É neste ponto que nascem duas palavras: teimosia e obstinação. Enquanto a primeira é sinônimo de tentar alcançar um objetivo da mesma forma, ou seja, com os mesmos métodos, a segunda é sinônimo de alcançar um objetivo, não importa como – às vezes até por meios ilegais.

Categorias
Cultura

Love e o amor sem roteiro

O autor de Love foi direto ao ponto: retratou altos e baixos, crises e recomeços, mentiras e perdões, verdades e arranhões, retratou o amor, na sua totalidade, no seu significado mais real, na capacidade de amar o outro “apesar de”.

Categorias
Cultura

Deadpool e o amor

Deadpool nos ensina sobre o amor. Sobre o viver em comunidade, em família. Sobre a necessidade de demonstrarmos o amor através de atitudes. De amar tanto a ponto de dar a vida pelo outro. De suportar dor. De se valorizar os amigos. De se parar um tempo e ir pra comunidade se fortalecer. Deadpool poderia ser só mais um herói da Marvel, mas ainda bem que se tornou um testemunho de amor.